Após a juíza Jacqueline Bervian, do Fórum de Encantado, ter indeferido o pedido de prisão preventiva do denunciado por assassinato e omissão de cadáver do bancário Jacir Potrich, o promotor André Prediger apresentou recurso ao Tribunal de Justiça. O documento chegou nesta terça-feira ao TJ e aguarda decisão.

Na quinta-feira, em entrevista coletiva, Prediger anunciou a entrega de denúncia e o pedido de previsão. A juíza recebeu a denúncia, mas negou o pedido por entender que não havia fatos novos que justificassem o pedido.

A defesa adiantou que, assim que comunicada, deve encaminhar pedido de suspensão do processo por não perceber materialidade nas provas apresentadas pela polícia e Ministério Público.

Fonte: ecoregional.com.br


Imagem compartilhada pelo filho em redes sociais

Deixe um comentário

ao vivo ao vivo